quarta-feira, 27 de setembro de 2006

A Aldeia típica do Mestre José Franco




Entre a Ericeira e Mafra há um local que merece bem uma visita: a aldeia típica do Mestre José Franco, situada na localidade do Sobreiro.
Aí, José Franco recupera os usos e os costumes das gentes do concelho (Mafra), numa reconstituição de uma aldeia, onde o mestre Franco não se coibiu de fazer renascer a sua velha sala de aulas, com as pequenas mesas em madeira, o imponente armário da professora, a ardósia, a menina de cinco olhos do tempo em que a pedagogia era outra; na loja do barbeiro-dentista um freguês submete-se a um corte de barba, na mercearia a Ti Helena serve um copo de vinho… ambientes que nos levam a fazer uma viagem no tempo.
Mestre Franco é um ceramista de renome, que construiu ao longo dos anos uma espécie de Portugal dos Pequenitos, sem a conotação política do da minha cidade de Coimbra (se é que alguém ainda se lembra disso) mas com um cariz mais popular. Este é pois um local não perder.
Já agora vale bem a pena provar o pão com chouriço da tasca da aldeia que, ao contrário das casas em miniatura, tem tamanho para constituir quase uma refeição.
Para os menos dados a estes petiscos também existe um restaurante.

9 comentários:

bettips disse...

A tua paciência ...amigo, em descobrir o belo e simples das coisas e partilhá-lo assim! Obg e fica bem. Abç

al cardoso disse...

Mais um sitio interessante neste nosso lindo pais.
Mas agora a brincar: sera que nao esta a fazer publicidade a um parente?

Um abraco.

ilhas disse...

A aldeia tipica de Mestre cardoso, deve merecer bem uma visita , tal pena eu estar longe... todos os lugares de portugla deveriam ter recriações da sua história e vivencias , sem ser em museus para que os vindouros saibam como se vivia em outras épocas.

Tozé Franco disse...

Se há coisa que gosto de fazer é viajar, embora não o possa fazer tanto como desejo.
Portugal está cheio de recantos bem bonitos e com histórias bem curiosas. Espero poder continuar a partilhar algumas delas convosco.
Bem-hajam todos.

pestinha_girl disse...

Não conhecia adorei ver e saber beijinho...

Moura disse...

O pão com chouriço é de tamanho familiar...e em conta!
Vale a pena fazer cair a visita perto da hora de almoço e petiscar neste local agradável!
Abraço

Iosef, sj disse...

Tó-Zé, não sabia que eras proprietário de uma aldeia...lá que tu és mestre, isso é verdade mas, dai, a teres uma aldeia, é que é novidade...
Piada á parte...
Parabéns pelo teu BLOG. Não digar que nunca vim ver ou escrever...e não fui ao da concorrência...
abraços
josé

Jofre Alves disse...

Passei para apreciar esta página agradável pela sua estética finíssima e apreciável, que me atrai pela sua qualidade, e desejar bom fim-de-semana. Até breve.

Anónimo disse...

ontem dia 9 de setembro por recomendação de um amigo também fui visitar essa pequena aldeia eu gostei.Mas, os meus filhos ainda mais por isso digo-vos, vale a pena.