sexta-feira, 9 de junho de 2006

O Nome das Coisas V - Penacova

Penacova é terra antiga, pois o local já é habitado desde o tempo da cultura castreja como a raiz pré-romana do seu nome indica (Pen-).
Este afixo teria substituído a palavra Vila, dando origem a Penacova (no século X aparece referida em documentos como Vila Cova).
Depois da a conquistar aos Mouros foi mandada repovoar por D. Sancho I que lhe deu Foral em 1193, Foral esse confirmado por D. Afonso II, a 6 de Novembro de 1217. D. Manuel I concedeu-lha nova Carta de Foral.

Além das belezas naturais (Rochedo do Castro, Miradouro junto à Câmara pode ainda admirar a sua bela Igreja Matriz ou essa relíquia histórico - cultural que é o mosteiro do Lorvão) pode também degustar o famoso Arroz de Lampreia (enquanto as há), os Pastéis de Lorvão ou as Nevadas.
Para que possam experimentar algo em casa, aqui vai a receita dos Pastéis de Lorvão.

Ingredientes:
460 gr. de açúcar
120 gr de miolo de amêndoa
3 dl de água
12 gemas e duas claras
2 colheres de sopa de farinha
Raspa de um limão
1 colher de chá de manteiga
Canela ao gosto.

Preparação:
Leva-se o açúcar e a água ao lume a fazer ponto de espadana; depois junta-se-lhe a amêndoa passada pela máquina e a seguir a farinha. Mexe-se sempre, retira-se do lume (deve ferver pouco tempo) e deixa-se arrefecer, juntando-se depois as gemas e as claras batidas. Por fim junta-se o limão e a canela.
Deita-se este doce com forminhas mal cheias, untadas de manteiga e polvilhadas com farinha. Levam-se a cozer ao forno.

Agora é só comer e bom apetite!...
Já agora, se for a Penacova não deixe de os provar no Café Miradouro, de onde pode observar também uma magnífica vista sobre o Mondego.

2 comentários:

manuel neves disse...

Viva.
Pelos vistos a dificuldade foi começar. Parabéns pelo Blog onde todos aprendemos um bocadinho, de toponimia e não só, além dos ditos doces à boa maneira do Carlos Moura, mas as suas têm uma vantagem, é que trazem livro de instruções (quero dizer: receitas)a acompanhar.
Um Abraço e força com os textos.
CesarGoncalves

Moura disse...

Ena, ena...com que então os meus posts são inferiores por não ter receita!!
Eu sou adepto que uma imagem vale por mil palavras...e tenho um pré-acordo com o colega Tózé no qual ele escreve e eu coloco a fotografia e depois ambos comemos os bolos!!
A propósito disto um dia destes vou colocar uma foto com um pastel de Lorvão...tirada numa visita que fiz com a minha D.Turma o ano passado.
Abraço do Moura