domingo, 4 de novembro de 2007

Igreja de Santa Cruz



Regresso, hoje, às fotografias de Coimbra. Enquanto tiver fotos antigas não sou capaz e resistir à tentação de partilhá-las com aqueles que tem apaciência de me visitarem.

Mais uma vez volta à carga com a Igreja de Santa Cruz, hoje elevada a Panteão Nacional, à qual tenho uma ligação de muitos anos de trabalho em prol da comunidade paroquial.

O motivo que me faz regressar a este monumento é a série de fotografias acima colocada.
Chamo a atenção para a fachada do actual Café Santa Cruz (antiga igreja de S. João das Donas), situado à direita da Igreja e para o seu aspecto em meados do século XIX, depois da extinção as Ordens Religiosas, em 1834 (3 primeiras imagens).

Outra foto curiosa (a quarta) mostra-nos a Igreja em 1940, uma ano após o começo da 2.ª Guerra Mundial, protegida com sacos de areia visando proteger a fachada do templo, com medo que viesse a ser bombardeada, apesar da neutralidade portuguesa.
Depois de ter resistido às investidas da 1.ª República, que quis transformá-la numa garagem e deitar abaixo todo o edífício do Santuário (o maior da Europa), havia agora o perigo de ser alvo de algum ataque devido à 2.ª Guerra.

10 comentários:

Maria disse...

Autênticas relíquias, as últimas fotos....
Obrigada
Bom domingo

GK disse...

Não sei como consegue encontrar tempo para reunir e dar a conhecer estes documentos fantásticos!!!
:)

Cris Moreno disse...

Tozé acabei de receber a encomenda.
São 13:52 por aqui. Tudo LINDO E BELO !
Os marcadores, o cartão e o CD, é claro, que o ouvirei à noite. Obrigada. Já tenho seu endereço tb. Aguarde-me !

Beijos, amigo.

caminante disse...

Gracias por las fotografías y por los retazos de Historia que nos nos dejas e ilustran nuestro saber.
Siempre vuelvo con alegría a tu Casa. Y me entusiasma la música que nos dejas de fondo.
Un fortísimo abrazo.

al cardoso disse...

Que bom termos um amigo, que nos compraz com essas belas fotografias doutros tempos.
Bem haja.

Um abraco de amizade do d'Algodres.

Professorinha disse...

Bem, que fotos magníficas!... A última então é de um valor incalculável...

Fica bem

Rubina disse...

Muito bonita a igreja :)!

Kalinka disse...

OLÁ TÓZÈ

Passo de mansinho, para lhe desejar, uma noite tranquila, belos sonhos.

Sempre belas imagens de igrejas.

Caso lhe interesse, segue esta informação:
Para os Amigos bloguistas que me visitam, segue a informação adicional:
O Festival vai até ao dia 1º de Dezembro;o encerramento é neste dia, é representada a peça da casa: A Farsa de Mestre Pathelin - encenada por Manuel Ramos Costa, dirigida a um público adulto.
Quem viver no Norte do País e estiver interessado é só visitar o site:
www.contactovar.com

BEIJITOS.

Hoje tirei umas horitas para fazer uma visita, pois ando atrasadissima com as visitas aos blogues dos Amigos.

Sei que existes disse...

Esta tua partilha é muito valiosa!
Beijo grande

aminhapele disse...

E assim vai divulgando a história da nossa cidade.
Algumas fotografias são autênticas "relíquias".
Aproveito para lhe deixar o endereço de um novo espaço,dedicado exclusivamente a Poesia:
http://poesia-aminhapele.blogspot.com
Um abraço.