quarta-feira, 18 de julho de 2007

Pontes... Um exemplo de reciclagem!

Ponte de Ferro e Hotel Astória

Ponte de Ferro e Mosteiro de Santa Clara - Nova

Vestígios da Ponte de Ferro

Vestígios da Ponte de Ferro

Em primeiro lugar aproveito para vos dizer que, por uma questão de trabalho, tenho que diminuir, temporariamente, o número de posts publicados e de visitas que vou fazendo a todos os blogues interessantes que vou encontrando. Sempre gostava que me explicassem porque é que, sendo professor, tenho fama de gozar 3 meses de férias.

Além disso, espero, este ano, ter direito a umas férias fora de casa, coisa que não sei o que é, há dois anos.

Passado este intróito, postei, hoje, algumas fotografias que acho curiosas pois fazem uma ponte entre o passado e o presente.

Nas duas primeiras podemos admirar a Ponte de Ferro que, construída no século XIX, acabou substituída pela actual Ponte de Santa Clara de autoria do Engenheiro Edgar Cardoso. Para quem gosta de filmes portugueses, é a ponte que aparece no filme "O Leão da Estrela" quando António Silva, Artur Agostinho passam por Coimbra a caminho do Porto.

Nas duas últimas fotografias temos uma parte do tabuleiro da Ponte de Ferro que foi reaproveitada para fazer uma ponte sobre o rio Ceira, ligando esta localidade e a Conraria.

Numa altura em que não se falava em reciclagem (década de 50 do século passado) querem melhor exemplo de reaproveitamente de uma estrutura que estava destinada a ir para a sucata.

14 comentários:

Sei que existes disse...

Que boa reciclagem foi feita!
Beijinhos

Segredos da Esfinge disse...

Tozé,
Eu tenho adoração por pontes, pois vejo que elas são capazes de nos levar ao outro lado, mas são as pontes do imaginário que gosto mais, pois quando parece não haver uma saída e tenho a sensação de que cheguei ao fim, crio então uma "ponte" e me transporto ao outro lado da vida.
Abraços

Kalinka disse...

Olá TóZé
Fim de semana passado passei por Coimbra e, de repente, lembrei-me de ti, serias o melhor cicerone que alguém precisa; andei meia ou totalmente perdida, não consigo andar de carro em Coimbra e depois lá tentei ver onde fica o Convento de Santa-Clara...também reparei na Feira Popular de Coimbra, já na saída para a estrada Coimbra-Lisboa.

Cheguei ao post nº 300. Também eu me surpreendo, quem diria!
Quero agradecer-te e a todos que contribuíram com as visitas, as palavras e os incentivos para eu continuar aqui, no meio de todos vós.
Acho que ainda sou capaz de sonhar.

A noite
caiu sem manchas e sem culpa.
Os homens largaram as máscaras de bons actores.
Findou o espectáculo. Tudo o mais é arrabalde.
No alto, a utópica Lua vela comigo
E sonha coalhar de branco as sombras do mundo.
Um palhaço, a seu lado, sopra no ventre dos búzios.
Noite! Se o espectáculo findou
Deixa-nos também dormir.
E...
ASSIM RELEMBREI FERNANDO NAMORA.

Beijitos.

João disse...

Antigamente, reciclavam-se pontes. Hoje, nem os sapatos de quem as atravessa.
Pelo meio, algo se perdeu.

BATUTAMAN disse...

E aquela "ponte" que está a chegar para as férias? Está a chegar a hora de ser atravessada!Está quase quase....Sabe bem, muito bem! Aproveita a passagem desta "ponte" para saboreares bem as férias.
Quanto aos 3 meses de férias... só se forem os Senhores Deputados, os tais que agora querem aprovar uma lei para terem um acessor para cada um deles!!!!!
Boa!
Abraço e boas férias
RP

Tiago Almeida disse...

Vou para o Festival Jota, n�o queres vir tamb�m?

Professorinha disse...

Nada se perde, tudo se transforma :) E nada mais verdadeiro quando lemos e vemos o teu post hoje :)

Carlos Ponte disse...

Cá por Viana, já deve ter ouvido falar, também andamos há demasiado tempo às voltas com a ponte de ferro - ponte Eiffel. E a "reciclagem" que preconizam para ela tenho dúvidas que seja a adequada. Mas a ver vamos.
Entretanto umas boas férias para o amigo, permita-me que o trate assim, Tozé.
Um abraço,
Carlos Ponte

aminhapele disse...

Estou a "passar" em corrida...
No final da semana,regresso ao activo.
Um abraço.

Tiago Almeida disse...

voltei do festival jota,vai ver as fotos.

©õllyß®y disse...

Belissimas imagens e texto, gostei muito...

Meu doce beijo e meu rastooooooooo

Maria disse...

Sempre a aprender História com as tuas estórias.....

Um abraço

Pitanga disse...

Agora Coimbra é passado. A última porta se fechou. Vá ao Pitanga.

abraços

al cardoso disse...

De louvar essas iniciativas de reciclagem, ja nos anos cinquenta.

Um abraco de amizade.