quarta-feira, 30 de maio de 2007

Jardim da Sereia (Parque de Santa Cruz)

O Parque de Santa Cruz, popularmente conhecido como Jardim da Sereia, pertencia ao Mosteiro de Santa Cruz, estando integrado na sua cerca.
Foi criado como espaço de lazer e meditação para os Cónegos Regrantes de Santo Agostinho, também conhecidos como Crúzios, devido ao nome do Mosteiro.
A sua construção teve lugar quando à frente da comunidade monástica estava D. Gaspar da Encarnação, que chegou a ser ministro de D. João V.
A entrada do Jardim é coroada por três estátuas representando a Fé, a Caridade e a Esperança.
O Terreiro da Péla, apresenta uma bela cascata ao fundo. No cimo das escadas, a Fonte da Nogueira com uma estátua representando um Tritão abrindo a boca a um golfinho, de onde corre a água para uma fonte, encontrando-se aí o motivo pelo qual o Parque de Santa Cruz passou a ser designado por Jardim da Sereia.
A juntar a tudo isto, uma mata cheia de recantos agradabilíssimos onde a água jorra em abundância, tornando possível que, no espaço hoje ocupado pela Avenida Sá da Bandeira (antigo laranjal dos monges), houvesse moinhos que a usavam como fonte de energia.

15 comentários:

Pirate disse...

O eterno encanto de Coimbra !
Quantas memórias...recantos agradáveis para usufruir ao som da água que corre numa doce tarde primaveril.
Com ex-libris assim a autarquia não se pode distrair das responsabilidades de gestão e conservação para bem da preservação da memória colectiva e da História.

Batutaman disse...

Pena que este jardim ás vezes seja tão mal frequentado!
Quando "jove", namorei muito no Jardim Sereia! Ah pois é! Só que depois começou a ser mal frequentado. Deixei de ir lá! Passado mais de vinte anos voltei com familiares para conhecerem o Sereia e...voltei a ver algumas "cenas" degradantes!
É pena. Se calhar, sendo mais policiado, até por guardas florestais efectivos, poderia voltar a ser um encanto.

Outra coisa que me recorda bastante bem, a ti também com certeza,foi o célebre Festival "SÓ ROCK" em 1981. Vários domingos seguidos com mega concertos Rock com as melhores ( e piores) bandas do país! Era no Sereia. Recordas?
Foi lá que vi pela primeira vêz os XUTOS (putos e cheios de Speed...mas mesmo speed); Os Trabalhadores do Comércio; a Go Grall Blues Band (do Paulo Gonso; o Rui Veloso; Os UHF; O Grupo de Baile (Ai que bem cheiras dos suvacos...); Os Táxi; etc.;
Lembro-me de ver o "Xemeco" (Fernando, guitarrista dos Clã de Coimbra) a abrir o Festival sozinho com uma Fender a dar um espectáculo de solo delirante,(mais de 45m.) para testar a nova marca que entravano mercado com um tipo de som novo "FURACÃO", fabricada em Coimbra. Aliás eram eles que promoviam o "Só Rock".
Nesse altura o Sereia... dava gosto ver tanta vida e juventude.
Ah velhos tempos Tó-Zé! Velhos tempos
Viva o Sereia :)
Abraço
Batutaman

crisblog disse...

Lindo Tozé.
Parece que só fizeram tratamento na imagem.
Ei Tozé, você escreve poesias?

Beijos.

Tozé Franco disse...

Caro Pirate:
Depois do crime que foi deitar abaixo toda a Alta, espero que se conserve o pouco que ficou...

Caro Batutaman:
Também eu me lembro desses festivais e dos nome que por ali passaram. Pena é que o espaço tenha vindo a perder segurança.

Cara Cris:
Há muitos anos escrevi umas coisas, poucas. Já nem sei onde é que param...
Recentemente só letras (cifras?)para meis dúzia de músicas que fiz com os meus alunos, para participarmos nos Festivais de Música do Colégio ou para as Peças de Teatro que fazemos.~

Um abraço para todos.

Maria disse...

Mais uma visita por Coimbra...
O que tu nos ensinas, Tózé... e nos dás a conhecer...

Um abraço

al cardoso disse...

Belos recantos de uma cidade que adoro, parabens pela bela coleccao de postais antigos.

Um abraco de amizade do d'Algodres.

crisblog disse...

Oi amigo...bom dia e um beijo.

J.G.Sineiro disse...

Lindíssimas as imagens e excelente explicação, sucinta e esclarecedora q.b.

Quando for a Coimbra, que infelizmente conheço mal,venho aqui antes para levar uns óptimos apontamentos sobre a cidae dos amores.
Obrigado.

Um abraço.

A COR DO MAR disse...

Fotos e textos a deixar saudades a tanta gente... aposto!
esta bonito Toze
deixo-te um grd beijinho e b f semana

(desclp mas n posso ser assidua)

olho_azul disse...

Mais um pouco de história...
Mais umas belas imagens...
Mais vontade de conhecer pessoalmente!

Bom fim de semana
Um abraço

olho_azul disse...

Então o dia é especial?!
Dois desejos: um feliz aniversário à sua filha e boa sorte (ou parte uma perna, como é tradição) para a peça de teatro!

Sei que existes disse...

Ando cá com uma vontade de voltar a ir a Coimbra!...
Beijinhos

Professorinha disse...

Já estive aí e tirei umas fotos! Adorei essa fonte cheia de plantas! Adorei o Jardim!

Fica bem :)

asn disse...

Pois é, Tozé
Põe-se a mostrar estas coisas antigas e a fazer comparações e eu que já tenho esse bichinho comigo, então não é que ele me começou a dar xutos e pontapés para eu fazer o mesmo em relação a Leiria?
Um abraço
António

Carlos Ponte disse...

Soube que anteontem, além de estrear a sua peça, houve festa lá por casa. Espero que tudo tenha corrido pelo melhor.
Um abraço