quinta-feira, 16 de novembro de 2006

Quinta da Regaleira - O Bosque



O bosque ou mata que ocupa a maioria do espaço da Quinta da Regaleira não está disposto ao acaso. Começando de maneira mais ordenada e cuidada na parte mais baixa da quinta, vai ficando, progressivamente, mais selvagem até chegar ao topo.
Este disposição reflecte a crença no primitivismo de Carvalho Monteiro, o famoso Monteiro dos Milhões.
Eis mais um bom motivo para visitar a Regaleira (Ao contrário do que possam pensar, não recebo qualquer verba da Câmara Municipal de Sintra para publicitar o local!) e, porque não, comer um Travesseiro da Piriquita.

10 comentários:

foreveryoung disse...

Eu já a visitei, e é realmente muito bonita!!
Bjs

Maria disse...

Um travesseiro ou dois, quem sabe...
Quando se vai a sintra já se sabe que entre travesseiros e queijadas, venham as queijadas e os travesseiros...
A quinta é, de facto, muito bonita!
Tem uma boa noite

Isadora Lis disse...

Tozé,
selecionei vc para participar do desafio da blogosfera. Tudo bem?

al cardoso disse...

E ja agora diga-nos tambem, que nao tem comissao na "Piriquita"!

Olhe que e a brincar!!!

Um abraco desde Fornos.

Para quando uma visita de trabalho as minhas bandas?

pianola / Sonia R. disse...

Não é só um problema que diga respeito às mulheres.Bom dia.

Kalinka disse...

ui......este teu post...é um retrato florido de alguns belos lugares que também tenho visitado.
Quinta da Regaleira - Sintra; Ericeira; Aldeia de José Franco; Mafra...

gostava de te enviar um e-mail sobre um post que penso fazer sobre a tão falada Quinta das Lágrimas, aí tão perto de TI.

Mas, ainda não postei, porque as pessoas reagem mal quando apresentamos críticas aos monumentos da sua terra...só por isso...mas tenho fotos e tudo, visitei em Setembro passado...
procura-me.
e, aproveita para responder a um «desafio» que faço, uma pequena brincadeira, pois a vida não pode ser levada muito à séria.

Bom fim de semana.

Jofre Alves disse...

Sexta-feira entro para a sala de visitas deste blogue, e enquanto saboreio um café – o café de Coura é dos melhores do mundo, devido às propriedades da sua água –, assim também saboreio o que me é dado ver aqui, com gosto, com prazer, na linha da qualidade deste blogue aprazível, e ao partir, donde sempre fui bem recebido com fidalga galhardia, deixo o desejo de bom fim-de-semana.

antona disse...

Bellas imagenes.Buen fin de semana
um abraÇo

Moura disse...

E com a visita auto-guiada podemos disfrutar por tempo indeterminado os recantos do bosque.
Um abraço e bom fim de semana.
Ps- tenho uma boa sugestão para o teu domingo.

Badala disse...

A ideia do travesseiro é bem vinda.