sábado, 4 de novembro de 2006

Quem escreveu "Os Lusíadas"?

Quem escreveu "Os Lusíadas"?
Hoje, para variar, e como nunca mais chega o meu computador para poder voltar às minhas história e sabores, resolvi postar aqui uma estória engraçada.

Então aqui vai:
Numa manhã, a professora pergunta ao aluno:
- Diz-me lá quem escreveu "Os Lusíadas"?
O aluno, a gaguejar, responde:
- Não sei, Sra. Professora, mas não fui eu.
E começa a chorar. A professora, furiosa, diz-lhe:
- Pois então, de tarde, quero falar com o teu pai.
Em conversa com o pai, a professora faz-lhe queixa:
- Não percebo o seu filho. Perguntei-lhe quem tinha escrito "Os Lusíadas" e ele respondeu-me que não sabia, que não tinha sido ele...
Diz o pai:
- Bem, ele não costuma ser mentiroso, se diz que não foi ele, é porque não foi. Já pelo irmão não punha as mãos no fogo...
Irritada com tanta ignorância, a professora resolve ir para casa e, na passagem pelo posto local da Guarda Nacional Republicana (GNR), diz-lhe o comandante:
- Parece que o dia não lhe correu muito bem...
- Pois não! Imagine que perguntei a um aluno quem escreveu "Os Lusíadas" e ele respondeu-me que não sabia, que não tinha sido ele e começou a chorar.
O comandante do posto:
- Não se preocupe. Chamamos cá o miúdo, damos-lhe um "apertão", e vai ver que ele confessa tudo!
Com os cabelos em pé, a professora dirigiu-se para casa onde encontrou o marido sentado no sofá, a ler o jornal. Pergunta-lhe este:
- Então o dia correu bem?- Ora, deixa-me cá. Hoje perguntei a um aluno quem escreveu "Os Lusíadas". Começou a gaguejar, que não sabia, que não tinha sido ele, e pôs-se a chorar. O pai diz-me que ele não costuma ser mentiroso. O comandante da G.N.R. quer chamá-lo e obrigá-lo a confessar. Que hei-de fazer a isto?
O marido, confortando-a:
- Olha, esquece. Janta, dorme e amanhã tudo se resolve. Vais ver que se calhar foste tu e já não te lembras...!

18 comentários:

azoriana disse...

Nada como um bom jantar, uma boa soneca para avivar a memória. Amanhã, de certeza, que a senhora professora vai lembrar-se que só pode ter sido ela :) :) :)

azoriana disse...

Ou talvez não... (risos)

bettips disse...

Nesta época de conturbadas lides de professores/alunos/ministério/pais e outros donos das nossas sabedorias, melhor não espalhar essa ignorância ingénua!... Abç

Moura disse...

Está engraçada!!! Eu tenho a certeza que fui eu a escrever os Lusiadas...numa outra passagem que tive por este planeta.

manuel neves disse...

Viva!
Não Moura! Quem escreveu fui eu, não o que escreve mas o da... foto.

verdade!
Um Abraço.

Jofre Alves disse...

Fiquei muito sensibilizado pelas suas bonitas e comoventes palavras acerca do meu antepassado José Narciso Monteiro, pessoa que muito estimo e por quem nutro uma profunda e veneranda simpatia, pelo seu real valor, nobreza de carácter e filantropia. De todos os meus antecessores – eu que sou genealogista – é a personagem que mais prezo. Por isso, esta semana vou dedicá-la à publicação de fotografias dos meus antepassados do ramo Monteiro, gente ilustre, recuando algumas gerações, até ao meu tetravô. Será sempre bem-vindo. Anedota engraçada que retrata a ignorância que campeia.

alfazema disse...

Passei para deixar um beijinho e desejar uma boa semana.

Badala disse...

É, com o tempo a passar a idade a avançar, a gente esquecesse-se do que fazemos, se calhar até foi ela!!! :):):):)

Boa semana.

Chanesco disse...

Caro Tozé

Quando o seu computador chegar pergunte-lhe se ele sabe quem foi porque, habitualmente os computadores sabem tudo.

Abraço e boa semana.

Paola Vannucci disse...

ahahaahahahahahaahahahahaah


adorei a história meu querido,



agora Colocar Sarah Mclachilan para escutar é divino, uma mulher com uma voz magnifica dessas, meu é a quinta vez que venho aqui apenas para escutá-la e claro ler seu desgustador blog................

TENHA UMA SEMANA CHEIA DE REALIÇÕES. 


Vida...


    Amar é um ato...
    Viver um fato...
    Existir uma obrigação...
    Lutar uma opção...
    Sonhar um desejo...
    Querer uma atitude...
    Amigos uma virtude...
    Decisões um conjunto de atitudes...
    A vida um conjunto de circunstâncias,
    que você escolhe!!!

boa semana

Paola

al cardoso disse...

lolololololo......loloolololoo......lololloloo.

Nao ha como comecar uma semana arir.

lololololo......lololloolo.

Bem haja, esta mesmo boa...lolololo.

Um abraco.

pestinha_girl disse...

Adorei simplesmente fantastico :D paxa no Incertos momentos novo Momento esta ai... beijinho

caminante disse...

Oasaba por aquí. El Caminante, camina.
Buen trabajo, animante.
Un fortñisimo abrazo.

Teresa David disse...

Esta é daquelas que tem graça e não ofende, ainda por cima, poder-se-á constatar com tristeza que não é tão anedota como isso, bastará perguntar pela rua alienatoriamente quem escreveu os Lusíadas e achar-se-ão certamente respostas de anedota.
Bjs
TD

foreveryoung disse...

Hé!hé!hé! Que história mesmo engraçada!! até me ri para aqui sozinha!!
Bjs

redonda disse...

Achei o máximo a história :)
Ah é verdade, eu também não fui :)

Carlos Ponte disse...

Pois, a mania dos professores atirarem sempre as culpas para os alunos! E depois admiram-se dos métodos da ministra.Como dizia a nossa amiga Teresa do 14.º "bastará perguntar pela rua alienatoriamente" para a gente concluir que uma cambada de alienados anda a industriar o melhor da nação.
Tozé, um abraço para si e se encontrar "algum" dê-lhe forte!
Carlos Ponte

Lusitana Paixao disse...

eh eh eh eh eh...
eh eh eh eh eh