sábado, 15 de março de 2008

Simplesmente Coimbra...

O Parque Verde (margem direita)
Margem esquerda em 1/12/2006
Em 15/3/2008
Coimbra vista da ponte Pedro e Inês
Há 50 anosCoimbra e uma barca serrana
Novas companhias no Mondego
Hoje, fui dar uma volta ao Parque Verde que continua a crescer nas margens do Mondego unidas pela belíssima ponte Pedro e Inês.
Espero que sobreviva às Noites do Parque da Queima.
Coimbra, sem dúvida, está a ficar mais bonita.

Ó Coimbra do Mondego
E dos amores que eu lá tive
Quem te não viu anda cego
Quem te não amar não vive

Do Choupal até à Lapa
Foi Coimbra os meus amores
A sombra da minha capa
Deu no chão, abriu em flores.

31 comentários:

Paola Vannucci disse...

Olá

Faço um convite de primeira Mão para que visite o meu blog, ontem foi o Dia da poesia!!!!!!

Tem algo meu por lá, faça o seu comentário,

http://pvannucci.blogspot.com

Boa Dia!!

Paola

Gata Verde disse...

Nesta Páscoa aí vamos nós para Brasfemes!!!

Beijocas e bom fds

João disse...

Obrigado, amigo Tozé, por estas magníficas imagens, emolduradas por um dos mais belos poemas escritos sobre Coimbra, na voz de quem melhor a soube cantar.
Lembraram-me o poema de Miguel Torga que se encontra, junto ao rio, no monumento que o homenageia:

"De todos os cilícios, um, apenas
Me foi grato sofrer
Cinquenta anos de desassossego
A ver correr,
Serenas
As águas do Mondego."

Um conimbricense, ou quem por cá tenha passado, morre a primeira vez quando perde o encanto por esta cidade. Ao que vejo, o meu amigo, continua apaixonado...
Um abraço!

Pitanga Doce disse...

Quando foste lá em casa sabia que trazias algo no bico. Devias ter me prevenido. As imagens e a música...mas sabes que já dói menos?

abraços e o parque há de resistir á mais uma Queima. Coimbra e a Universidade têm uma simbiose perfeita.
Obrigada por me trazeres aqui.

Kalar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Pitanga Doce disse...

TÓ ZÉ, quando tiveres um tempinho vai ao GURIS EU VI ( há link lá em casa). O Autor faz uma homenagem a Cartola e a mim. Fico feliz em poder mostrar aos portugueses a boa música brasileira e não, só "Danielas Mercuris".

abraços

Jofre Alves disse...

Um interessante reportório fotográfico da cidade de Pedro e Inês, que se vê com o total agrado. Do melhor que se vê na blogosfera, com magníficas imagens. Boa semana.

Nuno disse...

O Parque Verde é uma das melhores obras que alguma vez se fez em Coimbra. Só é preciso não deixar desleixar um parque que é tão bonito e que fez as pessoas aproximarem-se do Mondego novamente.

Um abraço,
Nuno.

Anónimo disse...

Olá,
Boa Pácoa!
Tiago Duarte

Lu disse...

Olá Tozé.
Certamente está mais adequada para o ser humano e passou a ser um bom sítio para beber um café.
Eu pessoalmente detesto o urso, não imagino a razão da sua escolha. Mas gosto da ponte e parece que temos novidades, a ver pelas imagens que nos trazes. Tenho de dar lá um salto um dia destes.

Beijinho

Cris Moreno disse...

Lindo, tudo. A música então...e o tempo vai acompanhando a mudança.

Beijos, Tozé.

Rafeiro Perfumado disse...

Coimbra é linda, e o seu fado é o único do qual consigo gostar.

Um abraço, Tozé.

Tozé Franco disse...

Olá Paola.
Bem vinda.

Tozé Franco disse...

Olá Gata Verde.
Vai haver chanfana? A de Brasfemes é famosa.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá João.
Obrigado pelas palavras. Sabes que um dos autores do monumento é meu primo?
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Pitanga.
As saudades podem não ser tão intensas mas alguma coisa fica sempre.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Jofre.
Obrigado pelas palavras que ne servem de incentivo.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Nuno.
Espeor bem que daqui a uns tempos ainda estej mais bonito.
Hei-de tirar umas fotografias ao Burgo e p+ostar sobre isso.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Tiago.
Boas férias para ti.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Lu.
O que existia antes era um laranjal abandonado por onde escorreu, durante muitos anos, um esgoto (margem direita).
Penso que melhorámos nesse aspecto.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Oi Cris. Tudo bem?
O tempo tudo muda, mas nem sempre para melhor. Penso não ser este o caso.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Rafeiro.
Não podíamos estar mais de acordo.
Um abraço.

Capriccio disse...

As imagens são muito bonitas, um dos meus sonhos é ver o meu filho numa queima de fitas, tenho pena que derivado ao curso dele certamente não será em Coimbra. Mas o importante é que ele faça o que mais goste tanto faz que seja Coimbra ou outro lugar qualquer.
Um abraço :)

Tozé Franco disse...

Olá Capriccio.
Em Coimbra tem sempre um sabor especial. Pena que não haja todas as opções.
Um abraço.

Tozé Franco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kalinka disse...

Olá Tó Zé
LINDO O TEU PASSEIO PELO PARQUE VERDE...apeteceu-me ir até Coimbra!!!

Esta semana o meu kalinka fará 3 anos de existência...como o tempo voa.
Fica no ar uma pergunta:
Em que dia será o 3º aniversário do Kalinka?

Começo hoje a agradecer a ti e a todos os que me ajudaram neste caminho, com a vossa presença e as palavras de ânimo, além de elogios dos quais me envaideço.
Prometo continuar presente na Tua Vida, através dos pensamentos comuns que nos unem, neste Mundo virtual.

Eu, depois de tantos problemas graves, e que aguentei durante 5 semanas...o organismo abateu-se e estive muito mal no domingo passado...Paragem de digestão e consequentemente uma descarga de vesícula, ainda hoje não estou bem, muito debilitada fisicamente.

Beijinhos.
Boa Páscoa c/muitos ovinhos e amêndoas.

Professorinha disse...

Da última vez que fui a Coimbra fique impressionada com a zona ribeirinha... Lindo!

Beijos

Tozé Franco disse...

Olá Kalinka.
É para mim um privilégio poder ler blogues como o teu. Parabéns elo aniversário e que conte muitos posts de vida.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Professoreinha-
Esta na hora de voltares a Coimbra pois o parque já está maior.
Um abraço e boa Páscoa.

Tozé Franco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Acordomar disse...

Coimbra é uma paixão ;)

Bjs*