sábado, 6 de novembro de 2010

Praça da República

Esta é, com toda a certeza, a mais antiga fotografia que possuo da Praça da República.
São visíveis os dois torreões que ladeiam o triplo arco, que dá acesso à Sereia, também conhecida como Parque de Santa Cruz, uma vez que estava englobada na cerca do mosteiro com o mesmo nome. O ajardinamento da Sereia data do século XVIII, tendo sido, também construídos tanques, fontes e um recinto para o Jogo da Pela.
Na Sereia nascia o ribeiro que, durante muitos anos, percorreu o centro da actual Av. Sá da Bandeira, movendo moinhos e regando os laranjais aí existentes, desaguando no Mondego. Hoje, já não é visível uma vez que se encontra encanado.
PS: Caros amigos, uma vez que o (des)governo anda entretido a tentar acabar com o meu posto de trabalho, com a conivência dos sindicatos (não sei porquê o postal da Praça fez-me recordar isto!), talvez, um dia destes, o blogue fique de luto (também pelo país!).

5 comentários:

aminhapele disse...

Sei que isso só acontece a outros...
Mas não acredito que o Tozé perca o seu emprego.
Os alunos e o Colégio precisam de si.
Obrigado pela fotografia.
Um grande abraço.

citadinokane disse...

Tozé,
Não acredito que exista essa possibilidade. Estarei aqui do outro lado do oceano a rezar por ti.
Um forte abraço,
Pedro

Fê Costta disse...

Olá Tozé!

Bela foto e torço pelo melhor para o seu trabalho!

Quero aproveitar para te convidar a participar da promoção do Viaggio Mondo e concorrer a agendas 2011 recheadas de fotos incríveis dos 40 países que visitei. Não deixe de vir e convidar também seus amigos e alunos!! :)

Te aguardo!

Saudações

al cardoso disse...

Bonito postal e descricao de quem gosta mesmo muito de Coimbra "a sempre menina e moca"!

Quanto a ultima parte nao me admira que este (des)governo tente isso tudo e mais. Depois dizem que sao a favor da criacao de trabalhos, mas o que realmente tem feito e criar "jobs for boys". E ainda falta tanto tempo para novas eleicoes!
Mas tem que ter fe, que quando D*us fecha uma porta, abre sempre uma janela!
Um grande abraco de amizade dalgodrense.

Paloma disse...

Portugal e Brasil, os mesmos nomes
dos lugares. Por um momento, ao ver
a foto antiga e o título, pensei
tratar-se da Praça de República,que
fica aqui,na Central do Brasil, no
Rio de Janeiro. Muitas cidades,pra-
ças e ruas têm nomes iguais.
A identificação dos dois paises é
tão grande que, pelo visto, a crise
também é igual,infelizmente.
Abraços