domingo, 8 de fevereiro de 2009

Porque hoje é Domingo...


É bom ter grandes causas embora, muitas vezes, não sejamos capazes de resolver as pequenas.
Com dizia alguém que ouvi numa conferência, é fácil amar os que estão do outro lado do mundo, mas nem sequer dar os bons dias ao vizinho. E depois, meio a brincar, acrescentava que todos amávamos a Princesa Diana, menos o marido que estava ao lado dela, para provar a sua 1.ª afirmação.
Este foi um dos temas abordados, na última semana, na minha turma do Secundário, a propósito das grandes questões ambientais.
Enquanto não formos capazes de resolver as pequenas causas, não vale a pena atirarmo-nos às grandes
Querer resolver os males do mundo, especialmente os que estão nos antípodas, é sinal que não pretendemos resolver nada.
O que me adianta ser contra um qualquer aterro sanitário, quando deito o lixo para o pátio da escola, ou deixo-o pelos corredores, na esperança secreta, que ele desapareça por si próprio?
Pode ser que para a semana haja alguma História ou Sabor das que por aqui estão habituados a encontrar. Pode ser!
Até lá.

23 comentários:

Gata Verde disse...

Eu tenho o exemplo no meu local de trabalho. Uma pessoa reclama com as alterações climatéricas, com a desgraça do mundo, mas depois é incapaz de fazer um gesto simples como...reciclar!!

beijocas[verde e branco era melhor mas não encontrei janelas dessa cor!!] ;))

aminhapele disse...

É lixo a mais...

Fénix disse...

Concordo totalmente tozé! O que vale a pena falarmos disto e daquilo se abrirmos a janela do carro e atiramos com o papel fora ou o plástico do maço de tabaco. Eu às vezes fico tão fula, que apito ( faço poluição sonora :).

Até...

Anónimo disse...

Parece-me que tal atitude advem da necessidade de aprovaçao social quanto a assuntos dos quais nem conhecimento temos. Porque fica mesmo bem os meus colegas saberem que estou,parcialmente, a par do aquecimento global,do degelo dos calotes ou de outro qualquer tema com mais de palavra e meia, que ocupe os minutos mortos do telejornal.. Ou,em casos mais preocupantes,o tema que ocupa o pobre vértice 'Consciencia Social',do episodio diario dos Morangos Com Açucar.

Depois,das portas pra dentro,cada um é dono e senhor do seu lixo,do uso de aerossois ou daágua que gasta pra lavar os dentes.
Se,como Epicuro defendia,'fizessemos tudo como se alguem nos comtemplasse' (apesar de nao ser completamente a favor da teoria,acho que se assenta como uma luva ao caso), talvez a realidade fosse bem diferente,mais convergente das palavras e aos actos.

Se a preocupaçao com o assunto fosse,de facto, sincera, entao todos os ecopontos estariam cheios e os índices de consumo de água seriam menores com certeza! Agora,quando me preocupo apenas com o que a aparente preocupaçao com tal assunto me vai fazer parecer aos olhos de uma sociedade tao propagandista e tao ignorante quanto eu em tais materias (sim,porque ninguem ganha eleiçoes a zelar pelo ambiente..é um marketing que apenas nao resulta!),ah entao aí so diminuirá a esperança de encontrar um povo culto e consciente quando se cruza a fronteira para este jardim à beira mar plantado.

É triste,é dissimulado. É o país que ainda temos.


Com saudade 'stor' Tozé,

Alexandra.

Nuno disse...

Bem pertinente, a tua chamada de atenção.

Um abraço,
Nuno.

Teresa David disse...

Também a mim o tempo não me tem permitido visitá-lo tão amiúde como gostaria. Quanto ao post concordo plenamente consigo, salvo que não simpatizava lá muito com a Diana.
Bjs
TD

as-nunes disse...

Ainda não consegui digerir este trambolhão tão repentino da situação económica/financeira de todo o Mundo.
E que trambolhão!
O pior é que parece que os sabichões que ganharam fortunas colossais com pareceres, consultorias, auditorias e outros quejandos, até esses se estão a resguardar à espera não sei de quê.
Agora é que a sua acção/sapiência é que era precisa!
Mas não. Enfiaram-se na toca como os ratos!
Há que virar o medo do avesso, já lá dizia o Torga!...
Um abraço, Tozé.
António

citadinokane disse...

Tozé,
Estou aqui para abraçar-te fraternalmente, muito obrigado por visitar-me, és de uma generosidade ímpar.
abs,
Pedro

manzas disse...

Interessante blogue!
Voltarei mais vezes…

Redigi no pulsar
Do meu ser
Uma valiosa
Carta guardada...
O sol não brilhará
Sem que passe por lá
Para a ler,
Ou a carta será
Lacrada.

O eterno abraço...

-MANZAS-

Pitanga Doce disse...

Estás cobertinho de razão. Neste momento cai um temporal de Verão aqui no Rio. Há menos de uma hora e as ruas já vão cheias porque o lixo que jogam pelas janelas dos carros e ônibus acaba voltando para nós. Ensinar as crianças desde pequenas seria um bom começo.

abraços chuvosos

Tozé Franco disse...

OLá Gata Verde.
Eu acredito que é com peuqenos gestos que mudamos o mundo.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Aminhapele.
... e por todo o lado.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Fenix.
Bem-vinda ao meu cantinho.
À semelhança do filme "Favores em cadeia" acredito que podemos mudar omudo com pequenos gestos.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Alexandra.
Obrigado pelo pedaço de prosa de excelente qualidade como sempre.
Assim vai o mundo... Infelizmente.
Com muitas saudades de todos vocês.
É (foi) bom ter alunos assim.
Um abraço e tudo de bom para ti.

Tozé Franco disse...

Olá Nuno.
Espero que sirva para alguma coisa.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Teresa.
Obrigado pela visita.
Estimo que tenha uma recuperação rápida.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá António.
Nem eu... mas que andou muita gente distraída não tenho dúvidas.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Pedro.
É sempre um przer visitar-te.
Façamos um brinde com Periquita.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá MAnzas.
Bem vino e obrigado pelas palavras.
Irei visitar o seu blogue.
Um abraço e volte sempre.

Tozé Franco disse...

Olá Pitanga.
Fico feliz pelo regresso.
Essa descrição faz-me lembrar o que se passa por aqui.
Um abraço.

ILC disse...

"uma pastilha custa 5 centimos, mas tira-la do chao custa 1 euro"
E como naquele reclame do Mac Donalds, onde as pessoas fazem tudo por 1 euro, nao adianta desperdiça-lo atirando uma pastilha para o chao.
Nunca tinha pensado nisso de só abraçarmos grandes causas, mas tem toda a razao.
Boa semana

Tozé Franco disse...

Ora viva.
Então bem-vinda e obrigado pelo comentário. Espero que seja o 1.º de muitos.
Boa semana.

Tozé Franco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.