domingo, 10 de fevereiro de 2008

De molho...

Estou farto de estar de molho...

Começei na 2.ª feira, ao fim da tarde, e passados quase sete dias continuo na mesma. Não há antibiótico que resolva a questão e estou farto de Aspergic e Benuron.
Aspecto positivo: li dois livros de uma assentada, "O Rio das Flores" de Miguel Sousa Tavares e "O Sétimo Selo" de José Rodrigues dos Santos.
No meio disto tudo, ainda fui trabalhar (5.ª e 6.ª Feiras) e só já não consegui corresponder aos compromissos de fim-de-semana. Fica para a próxima.
Do muito que li por estes dias (acabei com a reserva de revistas e de jornias que vinha a acumular por não ter tempo de os ler) duas coisas me chamaram a atenção:
  • O fim do ensino da música, como o comhecemos, nos Conservatórios. Apesar de não ter uma boa experiência com o da minha cidade, penso que a solução encontrada é pior do que aquilo que existe. Então acaba o ensino individualizado? As aulas de instrumento ou de canto passam a ser em grupo? Só quem não sabe o que é o ensino da música pode entender tal medida, mas enfim. Esperemos para ver o que isto vai dar. Uma coisa eu tenha a certeza, vai haver poupança na coluna das despesas!

  • O chumbo de uma moção, na Assembleia da República, por causa docentenário do assassinato do rei D. Carlos. Eu que sempre me considerei um republicano dos quatro costados, não consigo entender o porquê da decisão. Mas afinal qual é o medo? Da Monarquia? Não creio! Então de quê? Não faço ideia. De qualquer forma, se há assuntos que me fazem impressão. Este é um deles.... Um assassinato é sempre um assassinato. Ainda por cima o rei era legítimo! Como sempre desconfiei, há pessoas para quem os direitos humanos variam de acordo com vítimas ou com os carrascos. Já sabemos que há bons e maus ditadores. Sempre quero ver, quando morrer Fidel de Castro, os que agora votaram contra (para não rescrever a História!!!! - dizem eles) que posição vão tomar? E que tal retirar a D. Afonso Henriques o privilégio de ser o patrono das nossas forças armadas? Ah! já me esquecia de Orweel! É que todos somos iguais, mas há uns mais iguais do que outros. Ele lá sabia do que escrevia...

20 comentários:

Cris Moreno disse...

Caramba, que coisa horrível...logo com a música...caramba...

Está lindo o blog. O post anterior então...meu Deus!

Beijos.

Teresa David disse...

Isto é que o considero uma forma positiva de enfrentar a chatice de uma gripe! Fui útil para pôr a escrita ou antes leitura e dia e ainda reflectir sobre coisas importantes com as quais concordo com a sua opinião Bjs e as melhoras
TD

Tozé Franco disse...

Olá Cris.
O que se está a preparar para o ensino da música em Portugal é uma vergonha
Um abraço.

Tozé Franco disse...

Olá Teresa.
Há que aproveitar o tempo. Não sou capaz de esatr quieto.
Um abraço.

world soul disse...

Espero que vc melhore o mais rápido possível!! Ficar de molho 1 semana é mesmo terrível!!

:)

Oris disse...

É sempre desagradável estar doente, mas parece-me que, apesar de tudo, aproveitaste bem o tempo....
Desejo as tuas melhoras.

Também ouvi hoje a notícia do fim do ensino da Música, nos Conservatórios. Cada vez mais esta reforma me preocupa. Acho que a pouco e pouco nos vão tornando nuns ignorantes...

Se calhar é essa a nova política....

Que a próxima semana seja melhor.

Beijitos

Tozé Franco disse...

Olá World Soul.
Obrigado pelos desejos de melhoras.
Um abraço.

Tozé Franco disse...

OLá Oris.
Obrigado pelas melhoras.
Quanto à música não sei o que nos espera. Já estávamos mal, agora ficaremos muito pior.
Um abraço.

Acordomar disse...

Ola Toze
Espero que ja estejas melhorzito...(a época nao perdoa)

Ve lá se estas bom para o Festival do Chocolate em Óbidos ;)

Beijinhos*

aminhapele disse...

Até parece que anda a tomar as gotas erradas...
Só pesporrência...
Vá lá,peça uma "gemada" das antigas e largue a preguiça!
Um abraço.

Klatuu o embuçado disse...

Não entende, meu caro senhor? É simples: o chão da república é mentira e lixo.

Cumprimentos.

Maria disse...

Tu não leste dois livros, Tózé, tu leste mais de mil páginas......

Votos de boas e rápidas melhoras....
Um abraço

Nuno disse...

Amigo Tozé, desejo-te as rápidas melhoras!

Quanto ao ensino da música... é para não fugir àquilo que parece ser regra no ensino (turmas cada vez maiores...). Pelo menos há alguma coerência nisto! :)

Um grande abraço,
Nuno.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Amigo, espero que esteja melhor.
Tenho esses dois livros em cima da minha secretária mas, ainda não arranjei tempo para os ler.
Espero, que estejas melhor.
beijinhos de carinho e amizade.
Fernandinha

jnavarro disse...

Bom!!!

Há uma coisa que vou percebendo com o passar dos dias...
Que uma determinada classe entenda que este país não dê para a agricultura e para a indústria eu já me vou habituando...apesar de não concordar.
Que se diga também que deveríamos virar-nos para o turismo deixando todo o tipo de restante produção para os países da Europa que nos pagam para não lhes tirarmos mercado... Ou seja, para ficarmos "quietinhos" ..OK deve dar jeito...

A da música tb não me surpreende... da maneira como isto anda até me espanta ter durado todo tempo... A MISSÃO AQUI é redução de custos sem critério ou propósito algum... vamos a isso então... Não deixa de ter a sua graça mesmo não tendo piada alguma, por ser tão ridículo... Falamos de ensino profissional... já se deram conta? Saberão estes senhores mais e melhor que os restantes profissionais do mundo inteiro que sempre defenderam estes métodos?

RESUMINDO E CONCLUÍNDO...

O futuro deste país só passa pela classe política! É o que dão a entender estes senhores...

Com o maior respeito pelas pessoas que ainda tentam fazer dessa classe "algo" com dignidade, temos que admitir que são uma manifesta minoria...

O melhor, se calhar, é mesmo acabar com o ensino da música... Quem quer que vá para o estrangeiro... Os portugueses já nascem em Espanha, passam a estudar lá fora também e... talvez o melhor seja habituarem-se à ideia e nunca mais cá por os pés...

Desculpa o longo comentário...
Estes tipos chocam-me!

Um abraço

Tozé Franco disse...

Cara Fernanda:
Apesar de ter gostado dos 2 livros continuo a preferir a Filha do Capitão do José Rodrigues dos Santos e o Equador do MST.
Um abraço e obrigado pelas melhoras.

Tozé Franco disse...

Cara Navarro:
Parece que a única música admoitida é a que nos dão os políticos. Pena que muita vezes seja desafinada.
Um abraço.

Codinome Beija-Flor disse...

Torcendo bastante, para que fiques bom rapidinho.
Abraços

Codinome Beija-Flor disse...

Torcendo bastante, para que fiques bom rapidinho.
Abraços

Tozé Franco disse...

Olá Beija-flor.
Obrigado pelas melhoras.
Um abraço.