terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Um Santo Natal

Enquanto o presépio deste ano não chega, deixo-vos os desejos de um SANTO NATAL.
Que o MENINO vos traga tudo aquilo que mais desejarem.
Para alguns, o meu desejo é que traga juizo, para outros ponderação na hora de decidir e, ainda para outros, tento na língua.
Entretanto, deixo-vos com uma receita de um doce medieval natalício de que tanto gostamos aqui em casa: AZEVIAS ou PASTÉIS DE GRÃO-DE-BICO.

Ingredientes:
Para a massa:
500 g de farinha ;
3 a 4 colheres de gordura (mistura de banha e de manteiga ou margarina) ;
1 cálice de aguardente ;
sal
Para o recheio de grão:
1 kg de grão ;
750 g de açúcar ;
2 limões ;
1 colher de sobremesa de canela em pó ;
3 gemas
Confecção:

Coze-se o grão com uma pitada de sal, pela-se e passa-se por uma peneira fina.
Leva-se o açúcar ao lume com 2 dl de água e deixa-se ferver durante 1 ou 2 minutos. Junta-se o puré de grão, a canela e a raspa da casca dos limões. Deixa-se ferver o preparado, mexendo até se ver o fundo do tacho. Retira-se juntam-se as gemas e leva-se o preparado novamente ao lume para coser as gemas. Deixa-se ficar assim de um dia para o outro.
Peneira-se a farinha para uma tigela e faz-se uma cova no meio onde se deitam as gorduras quentes. Mistura-se. Junta-se a aguardente e depois vai-se amassando juntando pinguinhos de água morna temperada com sal. Sova-se bem a massa e deixa-se repousar em ambiente temperado.
Estende-se a massa com o rolo, muito fina, e recheia-se com um pouco do doce preparado. Cortam-se as azevias em meia lua (como os rissóis), ou em triângulo ou em rectângulo (como os pasteis de carne) e fritam-se em azeite ou óleo bem quentes. Polvilham-se com açúcar ou açúcar e canela.
E depois: comem-se.
Bom apetite!

4 comentários:

Maria disse...

É do que tenho mais saudades do meu Natal em miúda: das azevias, filhozes e broas de batata doce!
Fiquei a salivar...

Bom Natal para ti, Tozé, e que 2011 seja um ano com FUTURO!

Beijo.

aminhapele disse...

Bom Natal,querido amigo!

as-nunes disse...

Bom Natal, Tozé, subscrevo aqueles pedidos que formula na parte final. E aquela do "tento na língua" é muito assertiva, sem dúvida, que anda por aí muita "bacorada"!

Um grande abraço, que venham aí motivos para sorrir, que bem precisados andamos todos!

al cardoso disse...

Um Bom e Santo Natal com muita saude e felicidade, a si e sua familia e bem assim a todos quantos nos lerem.
Lhes deseja este amigo "d'Algodres"

Um abraco de amizade.