sábado, 25 de agosto de 2007

Pelo norte...

A Penha, Guimarães
Centro Histórico de Guimarães, Património da Humanidade
D. Afonso Henriques, versão João Cutileiro

Albufeira da Caniçada, Gerês


Albufeira da Caniçada, Gerês


Na foto só está uma vaca, mas eram duas e andavam a passear livrmente, junto à Barragem de Vilarinho das Furnas.
Bacalhau à Cruzeiro


Quinta e Sexta andei pelo norte: Santo Tirso, Paços de Ferreira, Guimarães, Braga (Bom Jesus) e Gerês.
Prometi falar-vos de sabores mas, nesse aspecto, o 1º dia acabou por ser uma desilusão.
Motivos: saí já tarde de Coimbra o que inviabilizou o plano A: ir comer à casa Serrão, em Matosinhos, uma vez que queria ir ao Ikea, onde vos garanto se come do melhor peixe do país. Mas adiante. Passámos ao plano B, ir direitos a Santo Tirso para comer no Cá Te Espero, na estrada que vai de Santo Tirso para Guimarães. As entradas são fabulosas, as Papas de Sarrabulhos divinais e o resto está ao mesmo nível. Estava fechado para férias. Irra,que pontaria.
Comeu-se então em Santo Tirso, no Ferro Velho, comida bem confeccionada mas que não deu para fazer esquecer os planos iniciais.
O jantar aconteceu em Guimarães. Bela cidade, com um magnífico centro histórico, cheio de gente à noite, onde o jantar, numa esplanada, não deixou grande memória. Valeu a pena pelo local.
A sexta-feira começou com uma brincadeira na subida para o Bom Jesus, onde uma ilusão de óptica (digo eu) nos dá a sensação que os carros andam de marcha-atrás, a subir, desengatados. É uma experiência curiosa, que os mais velhos dizem ser causada pela força magnética de certos metais existentes no local!.... Para mim não passa de ilusão de óptica, mas que é engraçado não haja dúvidas.
O almoço aconteceu perto do Gerês, em Santa Maria de Bouro, concelho de Amares, no restaurante Cruzeiro, que se recomenda vivamente.
Deglutiu-se um Bacalhau à Cruzeiro (na fotografia) e uns Rojões com Papas de Sarrabulho de comer e chorar por mais (destes não há foto, pois a gula era tanta que só me lembrei depois de ter terminado!...). Para acompanhar bebeu-se um verde tinto, em jarra, daquele que é vulgarmente conhecido como sangue de boi. Só por este repasto valeu o passeio. Se juntarmos a isto o facto de o Gerês estar cada vez mais bonito, estamos conversados....
Depois disto regressou-se a casa, pois há que fazer as malas para seguir para Espanha.
Adios. Hasta luego...

14 comentários:

aminhapele disse...

Com que então,para o "meu" território?!
Foi pena os planos terem falhado porque,tanto o Serrão como o Cátespero,eram belíssimas opções.
Quando for a Guimarães avise,para eu lhe indicar o Zémanel lá do sítio!
Não sei se funcionam em Agosto!
Ao menos,no Cruzeiro,as coisas correram bem,o que é normal.
Amanhã,parto para um retiro,junto à Praia Verde.
Até qualquer dia.
Um abraço.

Maria disse...

Belo como sempre, o Gerês.
Bacalhau, também gosto. Mas.... rojões com papas de sarrabulho, e não ter a foto.....
Fico a salivar, só de pensar...

Boa viagem até terras de nuestros hermanos...

Um abraço

olho_azul disse...

Foram boas opções as suas visitas.
Mas aqui fica a sugestão de na próxima vez subir mais um pouco, até ao Alto Minho (passo a publicidade). Não se vai arrepender!

Sugestão de Restaurante: O Camelo, em Viana do Castelo

Sugestão de Prato: Arroz de Sarrabulho (Ponte de Lima) e Bacalhau à Gil Eanes (Viana do Castelo)

Paola Vannucci disse...

Obrigada To

mas tem muitas poesias e artigos pra vc ler.....

adoro passar por aqui

beijos

Paola

al cardoso disse...

Lugares bonitos que felizmente conheco e recomendo, embora ja la nao va ha uns anitos.
O bacalhau parece divinal, parabens pelo regresso dessas fotos dos nossos belos pratos!

Boa viagem pela Galiza.

Um abraco d'Algodres.

Joaquim disse...

Por acaso não encontrou a estátua de D.João Peculiar em Braga?Possivelmente já foi removida.:)
Abraço e continuação de bom descanso

Carlos Ponte disse...

Vejo que rumou a Norte. Fez bem! Isto por cá é uma maravilha. O almoço, ou jantar, já não sei, é que me pareceu um pouco pesadito não? Sarrabulho, rojões... O que terá valido foi o sangue de boi se não via mesmo os carros a andarem para trás.
Um abraço

as-nunes disse...

Mas que rico programa, apesar dos percalços gastronómicos (os do Plano A).
Continue com essa boa disposição e apetite, que só faz bem. É, de certeza, sinal de que a saúde está para dar e durar, o que é sempre uma dádiva dos Céus. Juntando o útil ao agradável, que mais se pode querer?
Continuação de Boas-Férias...
António

Pitanga disse...

Ai que vergonha! Detive-me no Bacalhau a Cruzeiro e já não vi mais nada.
Volto mais tarde.

abraços e...este pc não é meu.

Moura disse...

Sempre em passeio... graças a Deus para nos brindar com belas sugestões. Eu ando um pouco parado blogosfericamente falando...
Estou com aquele espirito de férias!!!
Ps- quanto ao bacalhau...é de comer e chorar por mais!
Um abraço

Professorinha disse...

Lá está um sítio que eu tenho obrigatoriamente de visitar! Guimarães, o berço da nação!

Fica bem

poeta naïf disse...

Que inveja das tuas férias! As minhas, uma semanita lá por baixo, mas pobres se comparadas com a riqueza do que nos mostras. Enfim, nem todos têm o teu olho para reparar nas pequenas maravilhas que se podem encontrar neste pequeno país imensamente diversificado e tão rico cultural e gastronomicamente.Á vaca ficava melhor no prato numa "posta à mirandesa" como aí fazem tão bem!
Excelente música é mesmo "inesquecível".

SoNosCredita disse...

hmm... imagens apetitosas ;)

rascunhos disse...

belas terras.foi nessa albufeira que passei há uns anos umas das melhores férias de sempre

um abraço e boa continuação